Avançar para o conteúdo principal

Jarras de Vidro

Jarra de vidro com fita de chumbo


Tintas "verniz vitral"

Depois de limpa a peça de vidro com álcool, sem projeto prévio, elaborou-se diretamente na sua área lateral um desenho executado com fita de chumbo autocolante, moldando com os dedos e com um pequeno instrumento pontiagudo. Normalmente, na compra de uma embalagem de fita, vem junto um desses instrumentos - espátula -, podendo ser manuseada usando as duas extremidades.
A extremidade pontiaguda ajuda nas uniões das porções de fita. A outra extremidade, retilínea, ajuda no processo de colagem.
Refira-se que o mais indicado para um trabalho deste género é efetuar um pequeno projeto/desenho, colocando-se este na parede interior do vidro, preso com um pouco de fita cola. Deste modo, com facilidade, seguir-se-á rigorosamente o desenho.
Após a colagem da fita de chumbo, procedeu-se à execução da pintura nas áreas interiores do desenho, com tintas "verniz vitral" que são transparentes.
Deixou-se secar durante um período aproximado de vinte e quatro horas, podendo eventualmente este período variar em função da temperatura ambiente.

Jarra de vidro com glitter

Feita a limpeza da peça de vidro com álcool e depois de seca, pintou-se a parte exterior com verniz vitral azul, com pincel macio.
Após vinte e quatro horas (mais ou menos) de secagem, trabalhou-se com glitter prata, criando uma decoração adequada ao estilo da peça, isto é, efetuando linhas curvas espiraladas, harmoniosamente colocadas de acordo com a elegância do vidro.

Comentários