Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de janeiro, 2019

Acabamentos de um relicário

Relicário: acabamentos com pormenor Os mesmos cuidados para registos e relicários

Execução de Relicário

Trabalho que exige tempo e paciência Preocupação de uma execução o mais perfeita possível

Flûtes

"Flûtes" ao estilo veneziano Pintura sobre vidro

Tintas Vitral

Prato com tintas vitral Prato de vidro com círculo central liso Aproveitámos um prato de vidro com círculo central liso e borda circular com textura de formas geométricas irregulares. Esta foi pintada com uma multiplicidade de cores vitral transparentes de que resultou um bonito colorido do tipo dos verdadeiros vitrais. Para este efeito carregou-se substancialmente o pincel com as respetivas tintas. Evidentemente que na mudança de cor se procedeu à limpeza do pincel com essência de terebintina. Não se descurou a parte central, dando-se-lhe uma demão de tinta, também vitral, aplicada com esponja sintética para criar suave textura. Depois de secar durante 24 horas, deu-se uma demão generosa de verniz vitral incolor para proteção da pintura. Outras 24 horas são necessárias para a secagem do verniz.

A cor na seda

O realce das cores na pintura em seda As cores e os tons deverão ser leves, suaves

Pintura em seda

A seda, antigamente, era simplesmente colorida Técnicas de pintura em seda com o aparecimento da guta

Marmoreado na seda

Técnica aplicada em seda ou musselina Materiais para a realização da técnica

A palavra "Pergamano"

Pergamano ou "Parchment Craft" "Parchment" - que também significa "Pergaminho" A palavra "Pergamano" ou, na língua inglesa, "Parchment" - que também significa "Pergaminho" - ou mais precisamente "Parchment Craft" é o trabalho artesanal de embelezamento de um determinado papel, o papel vegetal. O Pergaminho (do grego pergaméne e do latim pergamina ou pergamena), como é sabido, foi, na Antiguidade, um suporte para a escrita à base de pele devidamente preparada de carneiro, cabra, ovelha ou cordeiro para nela se escrever, forrar livros e outras decorações. O Pergamano resultará, assim, das palavras grega e latinas referidas acima, constatando-se a analogia entre a escrita antiga, decorada, efetuada em pergaminho, e a decoração de hoje, mais complexa, efetuada sobre papel vegetal através de instrumentos próprios e modernos. O pergamano ou técnica do pergamano é, nos dias de hoje, uma das técnicas de artes deco

Tecidos para Patchwork

Variedade cromática de tecidos Enorme variedade de tecidos de algodão Atualmente, existe uma enorme variedade de tecidos de algodão apropriados para trabalhos de Artes Decorativas. Pode afirmar-se que a gama de tecidos existentes, com cores, tons, luminosidades e padrões constituem um mundo maravilhoso de composições com inúmeros elementos decorativos que, por si só, fazem já parte da própria arte. Encontram-se no mercado, desde os mais simples, mas nem por isso menos vistosos, com pintas ou riscas, até aos florais nas mais diversas tonalidades e aos mais elaborados numa complexidade de arranjos, formando padrões habilmente conseguidos, artisticamente belos. São exemplos com estas características os tecidos destinados à decoração Shabby Chic, os tecidos Vintage de um modo geral e outros. Todos estes tecidos podem ser utilizados ou aplicados na encadernação, na decoração de caixas, em quadros, em carteiras, sacos, porta-moedas, no revestimento e decoração de móveis, por exemp

Senhora da Ribeira: óleo sobre tela

Senhora da Ribeira (Alto Douro) Senhora da Ribeira, concelho de Carrazeda de Ansiães

"A Sagrada Família": reprodução a óleo

"A Sagrada Família" de Rafael Sanzio reproduzida a óleo Obra ainda não terminada da reprodução a óleo de "A Sagrada Família", de Rafael de Sanzio

Pintura: reprodução a óleo

Reprodução a óleo de arte sacra Pintura a óleo

Folha de estanho: corte e repuxado

Instrumentos de trabalho Dos mais simples e caseiros aos instrumentos mais sofisticados Usando o corte e repuxados em diversos modos, tomando partido da sua maleabilidade, a folha de estanho é um material importantíssimo nas artes decorativas artesanais, podendo mesmo classificar-se como nobre, impondo-se nos trabalhos e obras realizadas com características de singularidade apreciáveis. Na realização de um trabalho em folha de estanho podem usar-se desde instrumentos mais simples e caseiros até aos instrumentos mais sofisticados com funções das mais variadas capazes de executar os mais diversos efeitos. Além disso, dependendo das técnicas, existem também outros materiais que servem, em muitos casos, para enchimento, isto é, para preencher pequenos espaços côncavos efetuados por alguns instrumentos e cujo objetivo principal é proporcionar ao trabalho uma maior resistência, evitando amolgamentos. Instrumentos de marcação encontram-se em objetos destinados a outras utilizações

Folha de Estanho

Maleabilidade e brilho Gravar em folha de estanho A folha de estanho é um bom material para a execução dos mais variados trabalhos artesanais. As suas características como por exemplo a relativa dureza, a maleabilidade e o brilho constituem facilidades e vantagens em relação a outros materiais, pois facilitam o seu manuseamento e o desenrolar do trabalho, resultando em obras de qualidade sem a necessidade de grandes esforços e de utensílios complexos. A folha de estanho é perfeitamente adequada às mãos dos principiantes pela simplicidade das técnicas usadas na realização de obras não muito complicadas. A espessura da folha de estanho pode oscilar entre os 0,1 e os 0,3 milímetros. A folha de estanho existia normalmente com  uma face mais brilhante - a parte da frente - e uma face mais fosca - a parte de trás. É habitual, hoje em dia, estas diferenças já não existirem, podendo, deste modo, trabalhar-se os dois lados. A folha de estanho pode ser cortada com uma simples tesoura

Tabuleiro de Estanho

Peça em folha de estanho para tabuleiro Técnica "richelieu" Esta peça em folha de estanho para tabuleiro foi executada através de trabalho minucioso, aplicando a técnica "richelieu" na folha de estanho. Depois de passar o desenho do papel vegetal para o lado avesso do estanho com um buril de ponta fina, esse desenho é novamente marcado, agora sem o papel vegetal, de modo que as linhas fiquem bem visíveis pelo lado direito e, por sua vez, com um determinado relevo. Seguidamente, com um esfuminho e depois com o buril de ponta fina, rebaixam-se os contornos das linhas do desenho a fim de ficarem bem delineadas, já com mais relevo. Este passo é efetuado com a folha de estanho em cima de uma placa dura. Depois, com o estanho do lado avesso e em cima de um pano de flanela, vai-se repuxando com um esfuminho ou buris de bola, nos desenhos que se pretende realçar, dando-lhes relevo. Efetuado este trabalho, enchem-se as concavidades com resina e cera derretidas ou t

Impermeabilizar com azulejos

Decorar e impermeabilizar através de azulejos Depois de vidrado e cozido, o azulejo possui características especiais de impermeabilização

Azulejo em Portugal

Produção portuguesa a partir do século XVI Painel de azulejos na estação de caminho de ferro do Pinhão, Douro

Azulejaria - painel moderno

Da azulejaria tradicional à moderna O abstrato na azulejaria

Ovo da Páscoa

Ovo da Páscoa efetuado com balão Motivos de Páscoa recortados de guardanapos artísticos Uma das formas de efetuar um ovo de Páscoa é utilizar um simples balão cheio de ar em que deve ter-se o cuidado de apertar muito bem o orifício de entrada/saída de ar. Depois do balão cheio, deve revestir-se a sua superfície com tiras de jornal coladas, utilizando cola branca. Este processo deve repetir-se com cinco ou seis camadas de modo que resulte uma estrutura resistente. Depois de seco procede-se à sua decoração numa base de tintas acrílicas. Além da pintura com estas tintas, podem colar-se motivos de Páscoa recortados de guardanapos artísticos. Para imprimir uma certa tridimensionalidade, podem recortar-se flores a partir de cartolinas, procedendo-se a sobreposições. A imagem mostra um exemplar simples, na sua fase primária de decoração, adequado à aprendizagem dos mais novos.

Colagem de Papel

Colagem de papel sobre uma superfície Escolha dos papéis que contêm os motivos

Caixa decorada com guardanapo

Caixa de madeira Caixa de madeira decorada com recortes de guardanapo

Romantismo do Shabby Chic

Voltando ao passado com o romantismo do Shabby Chic Shabby Chic: modo particular de decorar interiores

Caixa Shabby Chic

Caixa decorada ao estilo Shabby Chic A decoração Shabby Chic e o romantismo tradicional

Shabby Chic

Shabby Chic - um estilo de decoração Shabby Chic: uma criação de Rachel Ashwell

Colar de Croché

Colar com fio de croché dourado Busca incessante de novos acessórios

Lãs para Tapeçaria

Lãs, algodão, seda Fio de algodão para construir a urdidura

Relicário Presépio

Relicário com presépio Cordão de seda da mesma cor do tecido

Padrões de azulejos

Repetição de unidades de azulejo A beleza da "imperfeição"

Superfície com guardanapo

Envernizamento de superfície com guardanapo Envernizar superfície à qual se colou um guardanapo

Guardanapo Artístico

Quadro com guardanapo Colagem de guardanapo artístico e papel de arroz

Tricô e Croché

Tricô com aplicação de croché Duas técnicas na mesma obra A razão deste pequeno artigo "Tricô e Croché" serve tão só como chamada de atenção para a multiplicidade de conjugações que podem efetuar-se nas artes decorativas em geral, realizando obras com diferentes técnicas, juntas de um modo natural ou num sentido mais artístico. Neste caso, como pode ver-se na imagem, a uma peça de tricô juntou-se outra em croché. Juntas complementam-se, dando como resultado uma peça de vestuário valorizada pela aplicação em croché. Amélia Raio

O Tear do Atelier

Tear: estrutura em madeira Tear para tapeçaria tecida artística

Relicário com moldura

Relicário Presépio Moldura como base do relicário

Jarras de Vidro

Jarra de vidro com fita de chumbo Tintas "verniz vitral"

Fitas de tecido

Pintura em fitas de tecido Técnica aplicada em atoalhados, t-shirts, gravatas

Picotagem

A picotagem no pergamano Como auxiliar, uma rede de perfurar Entende-se por picotagem, numa abordagem simples e abrangente, o ato ou efeito de picotar. Esta palavra significa o processo pelo qual se abrem uma série de furos, por exemplo em papel, material a que nos referimos neste artigo sobre pergamano. A picotagem constitui uma das técnicas para a realização de trabalhos em papel pergamano. Utilizam-se na picotagem utensílios de perfuração - os perfuradores ou "picotadores" -, com uma só agulha ou várias agrupadas, de diferentes formatos em conjuntos retilíneos, circulares, quadrados, retangulares, em estrela, meia-estrela e outros. Sobretudo os perfuradores com várias agulhas servem para texturar superfícies do papel pergamano, usando como auxiliar uma almofada de perfurar que se coloca por baixo do papel. Um perfurador de uma só agulha cumpre este objetivo devendo, neste caso, utilizar-se como auxiliar uma rede de perfurar, com o intuito de uniformizar as distâ

Quadro Patchwork

Patchwork "Menina" com Cesta Patchwork Embutido

Reprodução a Óleo

Reprodução a Óleo de Arte Sacra Réplicas de pintores clássicos, por Amélia Raio

Estanho - técnica mista

Tela com técnica mista Estanho e guardanapo Pinta-se uma tela de caixa alta com acrílicos ou óleos de acordo com as cores do guardanapo escolhido para este trabalho. Cortam-se alguns motivos do guardanapo, retirando-se as duas partes de papel que não está imprimido e colam-se num pedaço de folha de estanho. Deixar secar. Seguidamente, passar novamente cola para découpage, por cima dos motivos, e deixar secar. A Par deste trabalho, passa-se o resto do desenho para o direito de uma folha de estanho. Trabalham-se os contornos com o esfuminho e um buril de ponta reta e, a seguir, efetuam-se os boleamentos pelo avesso em cima de um pano macio. Depois do trabalho todo executado, preenchem-se as concavidades com gesso acrílico ou resina derretida. Deixar secar. Envelhecer com betume judaico ou pátine de estanho e limpar com um pano. Recortar pelas linhas de contorno do desenho. Entretanto, os motivos do guardanapo que se colaram no outro pedaço de folha de estanho es

Azulejos de Portugal

Os azulejos na cultura portuguesa A História e os costumes impressos nos azulejos

Folha de Ouro

Técnica de envelhecimento com folha de ouro Folha de ouro ou prata sobre mordente Utilizando tintas acetinadas à base de água, o chamado vermelho inglês para a folha de ouro e o azul ou negro para a folha de prata, dão-se duas demãos, deixando secar cada uma delas, sobre a superfície onde vai aplicar-se a folha. Depois de passar mordente espera-se durante 15 a 20 minutos, dependendo da temperatura ambiente. Coloca-se a folha de ouro ou prata sobre o mordente, com as mãos secas e com a ajuda de um pincel, também seco. Fazem-se pequenos batimentos para que a folha adira. Deve deixar-se secar muito bem. Em seguida, novamente com um pincel seco, sacodem-se os resíduos resultantes da aplicação e passa-se goma-laca para fixação. Mais uma vez, a secagem é fundamental para dar continuidade à execução segura do trabalho. Para que a superfície dourada resulte com um aspecto envelhecido deve proceder-se assim: junte-se em recipiente apropriado e nas proporções seguintes, uma parte de

Craquelure

Craquelure ou "Craquelar" Técnica para Craquelar

Bijutaria

Aplicação de diversos materiais na bijutaria Bijutaria ou Bijuteria

Arte do croché

Bolsinhas em croché Pontos de croché

Tricô

Camisola em tricô Camisola de inverno para senhora, efetuada manualmente com fio de lã

Tapeçaria Tecida

Tapeçaria Tecida - significados Vocabulário usado na temática da tapeçaria tecida

Relicário

Relicário Presépio Primeiro relicário efetuado no ArteAzul-Atelier, em junho de 2013 Este relicário, como mostra a imagem, foi o primeiro efetuado no ArteAzul'Atelier. Como em qualquer outro trabalho do qual não há conhecimento exato da técnica, foi necessário estudo e pesquisa para encontrar a solução de alguns problemas que se nos deparam com a realização de alguns pormenores. Mas nem sempre se encontram essas soluções com facilidade. Um trabalho de experimentação, optando pelos materiais que melhor se adequam à execução, é fundamental. Após um período experimental e a idealização do projeto, foi feita uma maquete em cartão. A partir dos vários elementos que formam a maquete, mandou-se cortar as respetivas peças em vidro fino e também duas peças em tabopan (aglomerado de madeira). Com exceção de alguns detalhes, importantes apesar de tudo, todo o trabalho de construção do relicário é semelhante ao da execução de registos. Enquanto o registo é pendurado, tal como um qu

O Vidro

Pintura em Vidro Breves considerações sobre o vidro

Tecido e Recorte

Pintura em Tecido e Recorte - "Richelieu" Utilização de termolina leitosa a pincel