Avançar para o conteúdo principal

Caixa decorada com guardanapo

Caixa de madeira


Caixa de madeira decorada com recortes de guardanapo

Um dos objetos apropriados e mais apreciados para utilizar a técnica de guardanapo é uma caixa de madeira. Esta pode facilmente ser transformada num elemento decorativo e também num objeto de utilidade, como por exemplo um atraente guarda-jóias. Na escolha de uma caixa, devemos certificar-nos se a tampa não é demasiado justa, pois com as sucessivas camadas de verniz que são exigidas nesta técnica o volume aumenta, impedindo o seu fecho.
No caso da caixa que possuímos ter uma tampa justa, a decoração não deverá incidir sobre a área de encaixe. No caso deste simples objeto, pode optar-se por decorar apenas o exterior ou também o interior que, no entanto, pode substituir-se por uma simples camada de papel.
Para começar o trabalho prepara-se a superfície da caixa com lixa de grão médio de modo a dar um polimento, limpando-se depois muito bem para retirar o pó produzido.
Aplica-se depois uma camada de tinta, deixando secar completamente durante umas horas. Seca a tinta, deve passar-se em toda a área pintada lixa fina.
Recortem-se os motivos do guardanapo que vamos aplicar na decoração, numa boa quantidade. Com a caixa e os motivos podem fazer-se agora algumas experiências dispondo os elementos de várias maneiras, podendo escolher-se assim a composição que mais nos agrada.
São os recortes maiores que devem ser colados em primeiro lugar. Para isso espalha-se uniformemente a cola transparente sobre a superfície da parte de trás dos recortes e pressiona-se para que a colagem seja eficaz. Pode inclusivamente utilizar-se uma folha de papel branco para ajudar nessa pressão. Cole os recortes de guardanapo nos sítios que planeou, completando assim esta fase importante do trabalho. Deixe-se secar a cola.
Aplica-se agora a primeira camada de verniz com uma trincha sempre na mesma direção. Deixe-se secar durante vinte e quatro horas. Depois de seca a primeira camada, dê-se uma segunda, desta vez aplicando o verniz noutra direção. Novamente deixe-se secar durante outras vinte e quatro horas. Com o verniz seco, antes de aplicar nova camada, friccione suavemente com lixa fina e retire o pó. Dêem-se camadas sucessivas usando o mesmo processo. Dê tantas camadas quantas as necessárias, de modo a que as bordas dos recortes não sejam percetíveis ao tato.
Por último, depois de limpar as áreas envernizadas, passe-se um pano fino com uma pequena camada de cera para melhorar o brilho.

Comentários