Mensagens

A mostrar mensagens de 2019

Exposição no Atelier

Imagem
Mostra permanente de trabalhos artísticos Chegada ao fim a exposição de artes decorativas no Centro Cultural Regional de Vila Real, nesta quadra natalícia de 2019, a mostra permanente de trabalhos artísticos no ArteAzul'Atelier continua, sempre em atividades de constante renovação, tal como desenvolvidas e aperfeiçoadas são as técnicas artesanais de pintura e decoração.
Feliz Natal!
De segunda a sábado, das 14:00 às 19:00 horas, pode visitar-se a exposição permanente no ArteAzul’Atelier, em Vila Real.

Exposição 2019 : Artes Decorativas, em Vila Real

Imagem
Exposição 2019 : Artes Decorativas, em Vila Real.
Mostra de trabalhos artesanais de artes decorativas, de Amélia Raio, no Centro Cultural Regional de Vila Real.

Exposição de Artes Decorativas 2019

Imagem
Exposição de Artes Decorativas, no Centro Cultural Regional de Vila Real, de 9 a 14 de dezembro de 2019.

Artes Decorativas - Exposição

Imagem
Exposição de Artes Decorativas, de Amélia Raio Como foi anunciado, vai realizar-se, no Centro Cultural Regional de Vila Real, a partir do dia 9 de dezembro, segunda-feira, até ao dia 14, uma exposição de artes decorativas, da autoria de Amélia Raio. A inauguração da exposição acontecerá no dia 9, pelas 18:00 horas. Serão mostrados trabalhos artesanais segundo diversas técnicas, muitos deles relacionados com a quadra natalícia.  Muito se agradece a todas e todos quantos têm manifestado interesse e que naturalmente estarão presentes na inauguração ou em qualquer dia em que decorre a exposição.

Tabuleiros com fundo espelhado

Imagem
Tabuleiros de madeira com interior em vidro espelhado Apesar de se ter já dado atenção a outros tabuleiros que se realizaram no ArteAzul’Atelier, nomeadamente tabuleiros formados com estanho como elemento principal, usando a técnica “gravura em folha de estanho”, só na última publicação sobre este tema a incluímos numa rubrica própria, precisamente “Tabuleiros”. Como referimos na altura, são estas peças constituídas de madeira leve pequenos tabuleiros de madeira com interior em vidro espelhado e decorados com meias pérolas e elementos brilhantes. Este que mostramos tem as seguintes dimensões: 20cm X 20cm X 7cm, com características semelhantes aos anteriores. O que o distingue dos outros dois é o facto de não ser acompanhado por outros elementos, pequenos frascos ou taças.
Pequenos tabuleiros

Tabuleiros | Plateaux

Novo relicário-presépio (vídeo)

Imagem

Novo relicário-presépio

Imagem
Trabalhos de registos e relicários Por diversas vezes e em artigos vários, mencionou-se o trabalho de Amélia Raio sobre registos e relicários, contribuindo assim para o ressurgimento de tão apreciados objetos, numa versão moderna, para preservação de imagens de santos e outras "relíquias", servindo ao mesmo tempo como elementos que podem juntar-se a uma certa decoração. Mas, os relicários, tal como os registos, têm vindo também a ser usados para guardar e ao mesmo tempo expor imagens tridimensionais de santos, no sentido da veneração. São estes a que Amélia Raio, no seu ArteAzul'Atelier, dá atenção especial. Na imagem apresenta-se relicário-presépio, um dos trabalhos acabados de efetuar nos últimos dias e que, tal como outros exemplares, marcará presença na exposição de Artes Decorativas, a realizar-se no Centro Cultural Regional de Vila Real, entre os dias 9 e 14 de dezembro de 2019.

Novo relicário-presépio (vídeo)

Decoração de taças de vidro

Imagem
Guardanapo decorativo natalício A foto, obtida no ArteAzul'Atelier, em Vila Real, mostra duas taças decoradas com guardanapo decorativo natalício, a que se juntou verniz vitral madrepérola e glitter ouro. Estas e outras taças, embelezadas com a mesma técnica, irão fazer parte da Exposição de Artes Decorativas que temos vindo a anunciar e que se reaizará no CCRVR - Centro Cultural Regional de Vila Real, entre os dias 9 e 14 de dezembro de 2019.

Presépio em Azulejos

Imagem
Pintura tradicional em azulejosPresépio: pintura tradicional em azulejos (45cm X 30cm) Na quadra de Natal de 2018, efetuei algumas pinturas sobre azulejos, segundo a técnica tradicional. Uma das obras, um presépio, como pode observar-se na imagem, é formada por seis unidades de azulejo, cada uma delas de dimensões 15 cm X 15cm. Faz parte da técnica tradicional a vidragem, processo pelo qual é executada a cozedura a uma temperatura que ronda os mil graus centígrados. Entretanto, um presépio com novo desenho foi pintado pelo mesmo processo, encontrando-se disponível e apresentar-se-á na exposição de artes decorativas a realizar no Centro Cultural Regional de Vila Real, entre os dias 9 e 14 de dezembro de 2019. A inauguração ocorrerá pelas 18:00 horas do dia 9.

O presépio em azulejos

Feltros e tecidos

Imagem
Trabalhos artesanais efetuados com feltros e tecidos Trabalhos construídos especialmente para crianças na decoração de quartos e outros ambientes de interior. Da utilização de tecidos de cores suaves, harmonizados com trabalhos em feltro, do mesmo modo, em tonalidades delicadas, resultam naturalmente conjuntos de boa qualidade e conformidade, imprimindo harmonias muito agradáveis, sobretudo para espaços ligados às crianças.

Presépio em Papel

Imagem
Presépio recortado em cartolina branca A imagem mostra o enquadramento de um presépio. Este foi efetuado com a técnica de recorte e vazamento em cartolina branca, posteriormente colado sobre cartolina preta. Dimensões: 28,5cm x 23,5cm.

Pergamano “Anunciação”

Imagem
“A Anunciação do Anjo a Maria” em papel pergamano Da escolha da imagem que representa “A Anunciação do Anjo a Maria” e adaptação de uma estrutura de bordadura ao desenho do elemento central, realizou-se a obra em pergamano como mostra a fotografia. Pormenores como boleamentos e utilização de picadores contribuíram para a boa organização dos desenhos, ao mesmo tempo enriquecendo a diversidade e qualidade textural da composição.

Laranjas decorativas de Natal

Imagem
Laranjas perfumadas O cravinho-da-índia é uma árvore com origem nas ilhas Molucas, na Indonésia, hoje cultivada noutras regiões do mundo. A flor do cravinho, seca, tem sido utilizada como especiaria desde a antiguidade. O cravinho pode servir como elemento decorativo associado à sua qualidade aromática. Assim, para decoração de Natal, utilizamos uma, duas, ou mais laranjas, servindo de suporte à composição que elaboramos com um laçarote e cravinhos. Cada laranja é atada em cruz com um laçarote, tal como mostra a imagem. Depois aplicam-se os cravinhos na casca da laranja, de uma forma mais ou menos ordenada. E está pronto. É muito simples e de fácil execução.

Exposição no CCRVR

Imagem
Artes Decorativas Como se deu já notícia em artigo anterior, Amélia Raio vai expor, no Centro Cultural Regional de Vila Real, trabalhos e obras de artes decorativas.  Ocorrerá a inauguração dessa exposição às 18:00 horas do próximo dia 9 de dezembro e estará patente durante as tardes, a partir das 14:00 horas, até ao dia 14, na sala de exposições do CCRVR.  Um dos temas das peças apresentadas será o Natal.

Presépio em azulejos

Imagem
O vídeo mostra dois painéis de azulejos com o mesmo desenho, efetuados segundo a técnica tradicional de pintura em azulejo.

O presépio em azulejos

Imagem
Pintura tradicional em azulejos A foto apresenta o presépio pintado sobre um conjunto de seis azulejos, segundo os métodos tradicionais. A obra de azulejaria já mostrada anteriormente aparece agora emoldurada. Esperamos apresentá-la na exposição de artes decorativas a realizar no Centro Cultural Regional de Vila Real, entre os dias 9 e 14 de dezembro de 2019.

Por favor, clique sobre a imagem para visualizar em tamanho maior.

Feltros: aproveitamento das cores

Imagem
Trabalhos com feltros em decorações de Natal Referimos já em alguns artigos a importância dos feltros em diversos tipos de decoração. Também na época do Natal em que, de ano para ano, se vai procurando e experimentando alguma inovação nas criações de conjuntos decorativos, as cores podem servir para realçar pequenos ou grandes espaços, em que as crianças poderão com a devida antecedência colaborar em algumas pequenas obras em feltro. As espessuras dos feltros são várias e mais ainda as suas cores. Numa escolha apropriada de elementos e cores, servem os feltros para diversificadas e ótimas decorações, quer seja para embelezar ou complementar a decoração de árvores de Natal, ou mesmo como elementos individuais para o embelezamento de espaços – pequenos espaços ou recantos em paredes –, colorindo e  realçando ambientes. Deste modo, elementos simples e pequenas obras isoladas ou agrupadas poderão contribuir para a criação de conjuntos artísticos, proporcionando em ambientes de interior c…

Decorações de Natal com vidros

Imagem
Pratos de vidro Uma boa forma de complementar algumas decorações de Natal é através dos vidros. Neste caso, fazemos referência aos pratos a que se acrescentaram guardanapos alusivos à quadra natalícia, com processos cuidados de colagem. Na foto, apresentam-se alguns trabalhos efetuados nos últimos dias em que estão patentes duas técnicas e dois materiais: “glitter” dourado e “craquelador” dourado.

Exposição de Artes Decorativas no CCRVR

Imagem
Exposição de trabalhos artísticos de Amélia Raio, em Vila Real Na sala de exposições do Centro Cultural Regional de Vila Real ocorrerá, entre os dias 9 e 14 de dezembro de 2019, uma exposição da autoria de Amélia Raio com trabalhos artísticos de artes decorativas. A inauguração da exposição está prevista para as 18:00 horas do dia 9 de dezembro.

Luminária de Natal

Imagem
Luminária de Natal: pintura em vidro
Aplicação de tintas de vitral de várias cores

Casinhas de Natal

Imagem
Casinhas efetuadas em feltro Para os vários elementos que compõem cada uma das casinhas, são feitos os respetivos moldes em papel. Estes ajudam assim, com precisão, a efetuar as peças em feltro com as cores previamente escolhidas. As peças são unidas com ponto de recorte, a que vão juntar-se pequenos elementos ornamentais como sejam as pérolas, corações, sininhos.

O Presépio

Imagem
Relicário para o Natal Descreve-se sucintamente neste artigo a técnica de realização da estrutura para um relicário, no caso concreto um relicário servindo de suporte ao presépio. Os relicários são estruturas como por exemplo caixas, bolsas, cofres, caixilhos, etc. que eram construídos noutros tempos com materiais diversos e que permitiam guardar de modo solene vestes de santos ou parte delas ou mesmo objetos para efeitos de veneração. Hoje em dia, nesse mesmo sentido de veneração religiosa, os relicários têm servido como objetos decorativos especiais, guardando no seu interior imagens tridimensionais de figuras religiosas. São estes relicários a que se dá atenção e se decoram no ArteAzul'Atelier, como o que se mostra na imagem. É muito importante a idealização e realização do projeto e também a execução de uma maquete em cartão para cada relicário.  A partir dos elementos que formam a maquete, cortam-se as respetivas peças em vidro e também duas peças em madeira ou aglomerado.  …

Relicário Presépio

Imagem
Relicário para o Natal: neste vídeo, descreve-se a técnica de realização de estrutura para um relicário, no caso concreto um relicário servindo de suporte ao presépio.

Velas natalícias

Imagem
Velas para decorar o Natal Podemos transformar uma simples vela num objeto de decoração muito vistoso e elegante. Neste caso, foi escolhida uma vela bem grande, com 28 centímetros de altura por 10 de espessura, acompanhada de três outras de tamanho mais reduzido.  Feito o estudo, foram aplicados às superfícies laterais recortes de guardanapo com motivos de Natal. O embelezamento final do conjunto foi obtido com o delineamento dos vários pormenores, executado com a bisnaga de relevo glitter ouro.

Celebrar o Natal

Imagem
Decorações para o Natal Fazendo parte da cultura e tradições dos portugueses, dos europeus em geral e de muitos povos de todo o mundo, o Natal é, sobretudo para os cristãos, uma grande festa de celebração do nascimento de Jesus – o Menino Jesus. Esta é, sem dúvida, a razão da grande alegria e regozijo – a festa da Natividade.  Como festa religiosa, o Natal é um momento especial de fé e de esperança, aproveitada também pelas famílias como reunião dos seus elementos, muitas vezes e por diversas circunstâncias distantes uns dos outros, que na quadra natalícia se aproximam, não só fisicamente, mas também de um modo espiritual afetivo e de verdadeira amizade. Assim, como em outras festividades, existem no Natal sinais exteriores que bem identificam esta celebração, como são exemplo as decorações de vários tipos, no caso concreto do ArteAzul'Atelier e dentro da temática das artes decorativas, os arranjos florais com cores apelativas e quentes, as velas, os tecidos e, claro, a construçã…

Representação do Natal em croché

Imagem
Pequenina árvore de Natal A ideia, neste exemplo tão singelo, é proceder à construção de uma pequenina árvore de Natal, executada em croché sobre um cone de papel. Este servirá de suporte a uma tira, com pontos mais ou menos elaborados, debruada na periferia com linha de cor prata. O papel para o cone de suporte deverá ser suficientemente resistente, que representará o tronco da árvore de Natal referida. Para isso, um papel de cartolina é o ideal para este tipo de trabalho. Evidentemente que a sua base deve ser cuidadosamente recortada para criar suficiente estabilidade, mantendo-se a “árvore” na posição de equilíbrio vertical. A peça de croché é feita em tira, que se alarga à medida da sua construção, facilitando-se a sua colocação, em hélice, de cima para baixo, sobre o tronco e, deste modo, aproxima-se da realidade o formato da árvore.  Para concluir o trabalho, procede-se à colagem aleatória de pérolas de várias cores sobre a tira de croché, colocando-se no seu topo uma pequena f…

O feltro nas estrelas de Natal

Imagem
Artesanato de Natal As estrelas que aqui mostramos referem-se à quadra natalícia e são construídas manualmente, essencialmente com feltros. O feltro é o resultado do empastamento e compressão da lã ou do pêlo, material de que se fabricam por exemplo os chapéus. O feltro pode perfeitamente servir para construir pequenas estrelas de Natal ou outros elementos decorativos para esta quadra, nomeadamente casinhas, sinos, grinaldas com flores-do-Natal.  O trabalho de construção manual das estrelas é relativamente simples, necessitando, contudo, alguns cuidados, sobretudo na execução do ponto de recorte ou caseado que se usa para a união das peças de feltro, devendo manter-se regular ao longo dos perfis, podendo incorporar-se pérolas coloridas.

Decorações de Natal com feltros

Imagem
Estrelas de Natal Na vertente decorativa, nesta quadra natalícia, continuam as tarefas de realização de alguns trabalhos, nomeadamente os feltros, cujas cores principais utilizadas são o vermelho e branco. Podem usar-se individualmente na árvore de Natal ou em grupo para pequenos espaços ou recantos, como forma de colorir e realçar ambientes, juntamente com outros elementos.

Casinhas de Natal

Imagem
Cascas de pinheiro e escamas de pinhas As casinhas da imagem, apropriadas para decorações de Natal, nomeadamente para incluir num presépio, foram efetuadas a partir do aproveitamento de caixas de cartão. Estas foram revestidas com escamas de pinhas, através de colagem com cola quente, usando paus de canela nos contornos das janelas. No telhado aplicou-se uma camada de algodão. Por fim, pulverizou-se todo o conjunto com "neve em spray" e purpurina prata. Pequenas cascas de pinheiro podem de igual modo colar-se, juntando-as às escamas das pinhas ou simplesmente substituindo-as de um modo um tanto ou quanto irregular, imprimindo à peça características de maior rusticidade.

Pinheiro de Natal

Imagem
Pinheiro de Natal com pinhas Tal como as casinhas de Natal em que se utiliza a técnica de colagem das escamas das pinhas, o mesmo poderá fazer-se na decoração de outros objetos. Este aqui apresentado pela imagem numa composição do presépio – um pinheiro de Natal – resultou da utilização da mesma técnica, ou seja, uma a uma, foram as escamas previamente retiradas das pinhas com auxílio de um alicate, procedendo-se depois à sua colagem numa superfície cónica. Esta superfície obteve-se pelo aproveitamento de um cartão fino ao qual se deu o formato de um cone. No final, pulverizou-se todo o conjunto, com neve em spray e purpurina prateada, dando-lhe o aspeto branco de neve. Casinhas de Natal e árvores formam uma bela composição.

Velas de Natal

Imagem
Decoração de velas para o Natal As velas são objetos muito expressivos na decoração de interiores, principalmente no período final de cada ano com a celebração do Natal. As velas são sinal de luz orientadora, de amor fraterno e bem-estar familiar. Juntando-as a outros elementos decorativos, podem obter-se verdadeiras composições e arranjos artísticos, utilizando os tons fortes complementados pelas nuances subtis das cores mais serenas. Nestes arranjos poderemos imprimir a beleza e a arte se soubermos escolher os materiais adequados, juntando-os após algumas experiências e algum estudo, executando com cuidado e gosto, transpondo a nossa sentimentalidade. Para decorar as velas da imagem, utilizou-se guardanapo decorativo de papel, bisnagas de relevo dourado e prateado e cola apropriada. Recortaram-se os motivos e, depois de estudar a distribuição dos vários recortes, colaram-se. Além de outros cuidados, a perfeição da colagem é essencial. Neste processo devem evitar-se as bolhas de ar …

Arranjos de Natal

Imagem
Cores quentes natalícias e contrastes  Em decorações de espaços interiores, por exemplo numa sala principal onde decorrem anualmente as festas alusivas à quadra de Natal, servem muitas vezes os centros de mesa ou jarrões como suporte a arranjos de Natal elaborados com materiais diversos, juntando peças já usadas em anos anteriores ou peças novas; umas e outras com cores fortes e quentes como é o caso dos tons vermelhos associados às cores complementares dos tons verdes, resultando daí composições extremamente expressivas e contrastantes de modo a simbolizar a força e o calor humanos que nestas alturas devem prevalecer nos ambientes familiares. Dessas peças, dependendo dos gostos, evidentemente, fazem parte normalmente algumas que são características destas alturas festivas: frutos e ramos naturais e artificiais – azevinho, romãs, pinhas, medronho; velas e estrelas brilhantes de papel ou de outros materiais. Devem utilizar-se, como dissemos, as cores quentes e fortes, não só os vermel…

Decorações de Natal: Presépio

Imagem
O Presépio com casinhas Observa-se na imagem pormenor de presépio elaborado no ArteAzul’Atelier, composto por pequenas casinhas, inclusivamente a cabana do Menino Jesus, efetuadas por processos de arranjo de pequenas caixas de cartão transformadas através de colagens de pedacinhos de casca de pinheiro e escamas de pinhas, servindo estas para representar os arbustos. Imagens, casinhas e luz fazem um conjunto rústico, esteticamente belo, capaz de proporcionar um ambiente acolhedor, próprio do Natal, ajudando à Festa que celebra o nascimento do Deus Menino. As cores a escolher são muitíssimo importantes para a obtenção de uma composição harmoniosa, exprimindo-se um ambiente calorosamente familiar e festivo. Assim, a cor vermelha que se juntou à composição foi alcançada através da luz elétrica, usando pequenas lâmpadas assim coloridas, como mostra a imagem. Desta maneira, os tons esbatidos da mistura entre as cascas de pinheiro e a representação de um branco ténue de neve, provocam realc…

Decorações de Natal

Imagem
O Natal e as artes decorativas São muitos os interessados pelas artes decorativas e pelo trabalho manual, muito especialmente com a aproximação de épocas festivas como é a do Natal. Com a necessidade de participar nas decorações natalícias e também para implementar um determinado cunho pessoal nos arranjos e outras composições, o artista ou artesão ou mesmo qualquer pessoa que não faça da atividade uma constância, encontra nesta altura motivos suficientes para conduzir inspirações.

Pequenos tabuleiros

Imagem
Tabuleiros de madeira
Decoração realizada segundo a mesma técnica Como é mostrado pela imagem, trata-se de dois trabalhos realizados segundo a mesma técnica. São pequenos tabuleiros de madeira, com interior em vidro espelhado e decorados com meias pérolas e elementos brilhantes. Estes tabuleiros serão apropriados para casa de banho ou quarto. Sobre cada um deles, colocaram-se frascos, também decorados e ao estilo de cada tabuleiro. Deste modo, podem os pequenos tabuleiros servir de suporte a uma vela, por exemplo, difusores de aromas, ou mesmo pequeno ramo de flores.
Para observar as fotos dos tabuleiros em tamanho maior, por favor clique aqui. Galerias: tabuleiros

Pintura em tecido estilo "richelieu"

Imagem
Decorações de Natal
Tecidos apropriados para decorações de Natal

Agostino Masucci: uma cópia a óleo, por Amélia Raio

Imagem
Reprodução a óleo de arte sacra
"Anunciação do anjo a Maria" de Agostino Masucci: um dos trabalhos de reprodução a óleo de arte sacra, por Amélia Raio

O Douro em tapeçaria

Imagem
Tapeçaria tecida artística
O trabalho de tapeçaria manualmente tecida

Tapeçaria

Imagem
Tapeçaria tecida  ...manualmente

Cópia a óleo de arte sacra

Imagem
O mistério da Anunciação do Anjo a Maria
de Agostino Masucci  Um dos trabalhos que gosto dentro da pintura e dou especial atenção é a cópia através da pintura a óleo de quadros de arte sacra. Refiro-me a obras de pintores clássicos, sobretudo as representativas das cenas bíblicas mais importantes. No passado mês de junho, dei início a mais um desses trabalhos aos quais dedico horas de pesquisa e estudo, experimentando e concluindo cores e nuances, desenhando formas e perfis e reproduzindo o mais rigorosamente possível as expressividades das figuras que fazem parte das obras originais. Desta vez, estou a copiar com as tintas a óleo sobre um suporte em tela o mistério da Anunciação do Anjo a Maria, de Agostino Masucci (1691 - 1758), de que mostro na foto um excerto já com as principais figuras pintadas. Amélia Raio

Nova tapeçaria (2)

Imagem
Alterações ao projeto
Nova tapeçaria em construção (texto 2)

Nova tapeçaria

Imagem
Uma nova tapeçaria em construção
Pequenas superfícies em relevo

Tapisserie tissée à la main

Imagem
Une frange
Des fils de laine coupés ont été ajoutés

Une nappe rustique

Imagem
Un vieux sac transformé
À partir d'un vieux sac, une nappe rustique La pièce que nous présentons à travers l'image est une nappe rustique de 140 cm x 116 cm, fabriquée à partir d'un vieux sac de la fin du XIXe siècle / début du XXe siècle, utilisé pour garder des céréales ou des haricots ou pour le transport du pain. Dans le métier à tisser manuel, le sac était alors tissé avec du fil de lin et du coton. Récemment, séparées les parts latérales du sac, Amélia Raio l’a transformé dans une nappe rustique, avec une pièce au crochet de 5 cm de largeur, exécutée manuellement, en contournant tout le périmètre. Un point de crochet a été nécessaire pour joindre les deux parts du sac.
Suivez la liaison vers d'autres photos »»

Estandarte

Imagem
Estandarte comemorativo 
Inauguração do Hino de Justes

Tapeçaria: técnica e arte

Imagem
Qualidade técnica
Arte e qualidade técnica

Obra de tapeçaria

Imagem
Tapeçaria tecida à mão
Composição semi-abstrata

Tapeçaria tecida

Imagem
Tapeçaria tecida à mão
Tapeçaria tecida artística (vídeo)

Trabalho de tapeçaria

Imagem
O entusiasmo de trabalhar a tapeçaria tecida
Formas e cores

Tecelagem

Imagem
Tecelagem, tecidos, malhas
Tecelagem: processo de fabricação dos tecidos

Tapeçaria tecida: teia

Imagem
Montagem da teia
O trabalho da trama

Tapeçaria e Tecelagem

Imagem
Tapeçaria bordada
Arte da Tapeçaria A tapeçaria é, sem dúvida, uma arte. De um modo simples, poderá dizer-se que a tapeçaria é a arte de fabricação de tapetes, servindo estes não apenas para revestir pavimentos, como os das nossas casas, escritórios, lugares públicos, mas também as paredes desses mesmos lugares com fins de embelezamento, proporcionando ambientes com qualidade distintiva, artisticamente belos, agradáveis e de conforto, sendo parte importantíssima na arquitetura dos espaços. A arte da tapeçaria foi naturalmente acompanhando o desenvolvimento dos povos ao longo de milénios, desde o seu aparecimento que, segundo vestígios, remontará aos anos de 1400 antes de Cristo, no antigo Egipto. No entanto, outras civilizações terão dado início a esta arte, em tempos muito remotos, através da sua vertente mais primária - a tecelagem. Na tecelagem, na sua definição geral, a parte artística é praticamente inexistente, pois ela nasceu e serviu, em primeiro lugar, para proteção do corpo…

Vila Real: Universidade Sénior

Imagem
Pintura e artes decorativas 2019: inauguração da exposição

Fabricação manual de tapeçaria

Imagem
Tapeçaria
Tapeçaria tecida: tempo de execução

Tapeçaria tecida: cuidados

Imagem
Cuidados na elaboração de uma tapeçaria
Compressão da trama e perfis das margens

Universidade Sénior de Vila Real

Imagem
Exposição 2019
Pintura e Artes Decorativas

Tapeçaria decorativa

Imagem
Realizar uma tapeçaria
Tear e instrumentos

Tapeçaria

Imagem
Tapeçaria tecida artística
Tapeçaria moderna ligada à tradição

Tapeçaria e luz

Imagem
As cores na tapeçaria
Tapeçaria: a luz expressa pelas lãs

Luminária

Imagem
Luminária de Natal - pintura em vidro O frasco de vidro, tal como mostra a fotografia, foi pintado segundo técnicas apropriadas da pintura em vidro, nomeadamente no que respeita às tintas utilizadas. Com inspiração na quadra natalícia, desenhou-se o presépio sobre a superfície exterior do frasco de vidro, utilizando bisnaga de relevo dourado. Depois da secagem, toda a superfície foi pintada com tintas de vitral de várias cores.

Luminária (vídeo)
Galerias: Pintura em Vidro

Réplica de Cloisonné (2)

Imagem
Efeito "cloisonné" sobre madeira
Decorar pequenas caixas Apresentámos recentemente nesta rubrica "Decoração de caixas" um exemplar de caixa em madeira decorada com superfície craquelada e, na parte superior da tampa, com o efeito cloisonné. A caixa que acompanha este pequeno artigo é claramente diferente na forma, mas semelhante nos efeitos decorativos que se lhe imprimiram. As diferenças são apenas as que dizem respeito à composição e às cores.
Réplica de Cloisonné

Vidros: decoração

Imagem
Decorar com vidros
Técnicas artesanais de embelezamento de objetos em vidro

Efeito cloisonné

Imagem
Imitação do cloisonné
Craquelado e efeito cloisonné

Decorações com vidro

Imagem
Pintura em vidro
Inúmeros modos de pintar o vidro! São incontáveis as técnicas de que nos servimos para pintar sobre vidro, em objetos concretos ou em simples quadros de superfícies planas. Recortam-se de várias maneiras: quadrados, retângulos e todos os polígonos e mesmo em círculos ou formas irregulares. No exemplo apresenta-se uma superfície em vidro de formato retangular, simples, de dimensões 25cm x 20cm, com o fim de ser emoldurado. Este vidro foi pintado com tintas tridimensionais apropriadas para que se realce o efeito tridimensional. Esse efeito é mais notado pelo facto da pintura se efetuar na frente e no verso. Na parte da frente, os contornos principais são realizados com a própria bisnaga que contém a tinta, e no verso, essa mesma tinta é espalhada com um pincel.

Taça de vidro

Imagem
Taça de vidro de pé alto
Decoração com pasta de cristal e glitter

Réplica de Cloisonné

Imagem
Imitação de Cloisonné sobre madeira
Decorar pequenas caixas O que é o Cloisonné? Tiras finas de metal coladas sobre uma superfície metálica, como por exemplo cobre, formam uma estrutura de pequenas partições – espaços formados e fechados pelas tiras referidas acima. Esses espaços, essas partições são preenchidas com pasta de esmalte vitrificado. O trabalho artesanal aqui apresentado resulta da decoração de uma pequena caixa em madeira, pintada com tinta acrílica, onde se aplicou uma técnica de imitação do cloisonné com materiais diferentes da técnica original. Com o Kit incolor de dois passos, craquelaram-se as superfícies laterais e superior da caixa. Nesta desenhou-se previamente, no centro da tampa, o espaço onde a imitação do cloisonné iria aplicar-se. Assim, com bisnaga dourada de relevo contornou-se o desenho, sendo depois preenchido com tintas de vitral de várias cores tendo como base o madrepérola.

Em que consiste a “Arte Francesa”?

Imagem
Arte Francesa Recortes e colagens sucessivas A designação “Arte Francesa” advém, segundo estudiosos, do aprimoramento em França de uma arte manual realizada na China Antiga e que basicamente consistia, como referimos já em artigo anterior, na transformação de motivos planos em composições em relevo, com materiais diversos mas principalmente utilizando papel grosso ou cartão. A técnica da “Arte Francesa”, efetuada com recortes e colagens sucessivas, desce muito ao pormenor, formando composições realistas e muito expressivas. A sobreposição daqueles recortes confere volume e profundidade em que os detalhes constituem um modo de imprimir à obra artesanal um cunho pessoal e de criação artística.

Arte Francesa
"Galeria Arte Francesa"

Arte Francesa

Imagem
Vincada perceção de profundidade Rosas em alto relevo Sucintamente, a “arte francesa” pode explicar-se pela transformação de uma imagem plana, numa composição em alto relevo. Utilizando várias estampas com os mesmos motivos, efetuam-se os recortes dos vários elementos da composição, começando a sobrepor-se em várias camadas, intercaladas com fita esponjosa autocolante, de modo a criar uma visão tridimensional em vincada perceção de profundidade. Após a montagem da composição, toda ela resultante de recortes minuciosamente executados, pode dar-se um acabamento de gosto pessoal, decorando, como no caso apresentado na fotografia, com pequenos detalhes, como por exemplo relevos em tinta e pérolas.

Em que consiste a “Arte Francesa”?

Pergamano: leque

Imagem
Pergamano Parchemin Parchment

Leque em pergamano

Imagem
Minúcia de execução Técnica do papel pergamano Os desenhos de reduzidas dimensões são no pergamano um desafio que pode muito bem ser alcançado com êxito, havendo de facto o gosto suficiente em trabalhar esta técnica - a técnica do papel pergamano. A composição de um trabalho de pergamano pode efetivar-se através  da junção de elementos, mesmo que estes não sejam à partida apropriados para o emprego da técnica do papel pergamano. Seja qual for o projeto que tenhamos em mente, a minuciosidade e a consequente exigência no que respeita à necessidade do tempo, associadas à paciência absoluta que se vai cultivando à medida que aumenta a experiência são fundamentais para boas realizações. A obra aqui apresentada em excerto pela foto é o exemplo de um desses trabalhos que nos alerta para a concentração, numa perspetiva contínua de fazer melhor cada vez que manuseamos os boleadores, picadores, lápis de cor e outros.
Pergamano: leque (vídeo)
Galeria Pergamano

Ouro sobre Azul

Imagem
Dourado sobre vidro azul
Tinta de contornos

Relevo em vasos de vidro

Imagem
Padrões de relevo
Vasos de vidro ou garrafas Vasos de vidro ou garrafas e copos cujas superfícies constituem padrões em relevo, assim fabricados de origem, são bons elementos e bases de trabalho principalmente para quem pretende iniciar-se na aplicação da técnica de pintura sobre o vidro, de um modo simples e prático. Neste caso, os relevos existentes podem servir de guia para dar largas à pintura, cujos motivos ali estão já desenhados bastando agora decorá-los num exercício de escolha de tons e cores. A regra poderá ser o seguimento dos relevos, da mesma forma como se procede à coloração de superfícies de papel contornadas. Cores únicas ou resultantes de misturas, usando pincéis, esponjas ou outro tipo de instrumentos estimularão certamente a criatividade, nomeadamente na feitura de efeitos de sombra e acentuação dos relevos. Apesar do esquema estar já definido à partida, um leque enorme de liberdades existe, desde a aplicação das cores às opções de cobrir alguns relevos e outros nã…

Trabalhos Manuais

Imagem
Conhecimentos técnicos
Materiais e utensílios

Pergamano "cartão convite"

Imagem
Cartão convite
Técnica do papel pergamano

Pintura sobre vidro

Imagem
Preparar e pintar o vidro
Objetos de vidro

Superfícies vidradas

Imagem
Pintura de superfícies vidradas
Objetos de vidro ou superfícies vidradas Se olharmos à nossa volta, em casa, por exemplo, poderemos facilmente encontrar objetos antigos de vidro, uns em bom estado de conservação e outros, eventualmente, já danificados. Mesmo estes poderão servir para efetuar uma pintura ou, na pior das hipóteses, simplesmente experimentar a técnica de pintar sobre vidro. Nas feiras de velharias, aí sim, normalmente encontram-se muitos objetos de vidro e de diversos formatos e cores: copos, garrafas, jarras, etc. Para uma adequada base de trabalho e boa execução técnica é de toda a conveniência e como primeira tarefa limpar muito bem o vidro - água não demasiado quente e detergente líquido são suficientes para o efeito -, a não ser que se trate de um recipiente qualquer como por exemplo uma garrafa e, nesse caso, deve fazer-se uma mistura de água e detergente, juntando-se-lhe areia, agitando para melhor retirar detritos agarrados às superfícies interiores. O álcool é …

Trabalho Artesanal

Imagem
Manualidades: um bem a preservar
A obra feita é sempre motivo de satisfação

Fusing

Imagem
Imitação de Fusing
Técnica para imitação de "Fusing"

Imitação de vitral

Imagem
Pintura em vidro
Pintar o vidro imitando o vitral

Imitação de Vitral

Imagem
Pintura em Vidro
Realização na parte menos texturada

Pintura em vidro

Imagem
Decorar e pintar o vidro
Diversidade de técnicas

Compoteira

Imagem
Compoteira de Vidro
Execução no interior da peça

Folha de ouro sobre vidro

Imagem
Pintura em Vidro
Folha de ouro em prato de vidro

Modelação

Imagem
Pequenos bustos
Massa de modelar

Formação: trabalhos manuais

Imagem
Artesanato
Benefícios das manualidades e ocupação dos tempos livres

Formação: artes decorativas

Imagem
Artes decorativas, artesanato e pintura
Benefícios das manualidades e ocupação dos tempos livres

Pergamano "Menina no Jardim"

Imagem
Papel Pergamano, por Amélia Raio
"Menina no Jardim"

Formação

Imagem
Formação no ARTEAZUL'ATELIER
Conhecimento e harmonia

Pintura e Artes Decorativas

Imagem
Técnicas de artes decorativas Tradição e inovação São várias as técnicas de artes decorativas que o ARTEAZUL'ATELIER prossegue e Amélia Raio usa na execução das suas obras: Na pintura, os suportes são normalmente as telas e as tintas aplicadas as de óleo. A azulejaria, a tapeçaria tecida artística, a gravura em folha de estanho, o pergamano e o patchwork embutido constituem os principais temas das artes decorativas aos quais Amélia Raio dá especial atenção, através do estudo prático e aplicação de técnicas identificadas com as tradições, implementando contudo a inovação pela descoberta de aspetos de composição. Outras técnicas vão sendo desenvolvidas e aperfeiçoadas como outros tipos de pintura, nomeadamente a pintura em tecido e seda e a pintura em vidro; técnicas de colagem, texturização, craquelados, "envelhecimento" de peças; construção e decoração de registos e relicários e outros objetos como caixas de madeira, velas, tabuleiros; tricô e croché. O embelezamento de…

Seda: do antigo ao moderno

Imagem
Pintura moderna sobre a seda
A seda, antigamente, era simplesmente colorida

A Seda

Imagem
Fabrico da seda
Criação e pintura sobre a seda

Naperom

Imagem
Naperom "richelieu"
Pintura e recorte em tecido

Escapulário

Imagem
“Escapulário” nas artes decorativas
Pintura e decoração em tecido

Presépios em pergamano

Imagem
Papel pergamano
Pergamano: técnica minuciosa e pacientemente realizada

Presépio em papel pergamano

Imagem
Técnica pergamano
Em papel pergamano, o presépio

Emolduramento de Pergamanos

Imagem
Pergamanos em quadros
Escolha das molduras Os pergamanos, isto é, os trabalhos em papel pergamano que temos vindo a referir em diversos artigos podem ser emoldurados, constituindo desse modo expressivos elementos de decoração de paredes, conforme poderá observar-se nas fotos inseridas nas galerias “Pergamano”. Por outro lado, o emolduramento neste caso específico é muito importante para a preservação do trabalho que levou tanto tempo e cuidado a concretizar. Além da moldura propriamente dita, o pergamano deverá ser protegido com vidro deixando-se um pequeno espaço entre este e o pergamano. Na escolha das molduras, deve ter-se em conta, claro está, em primeiro lugar, o gosto como não poderia deixar de ser, mas também, em nosso entender, uma certa concordância entre as cores do emolduramento e os tons do papel pergamano – o branco, branco cinza e prateado. Muitas combinações de cores poderão ser exploradas, num exercício de variadas experiências dada a facilidade com que podem juntar-s…

Pergamano: picotagem

Imagem
Picotagem no pergamano Técnicas do papel pergamano A imagem mostra a execução minuciosa de picotagem que é efetuada na barra deste trabalho segundo uma das técnicas do papel pergamano. Aquela barra foi perfurada com o picotador de uma agulha sobre uma rede de perfuração e segundo um esquema de contagem, de modo que todos os pontos ficassem situados equidistantemente, resultando uma realização próxima da perfeição. Depois de completa a picotagem, procedeu-se ao boleamento dos pequenos espaços intermédios e, em seguida, com uma tesoura pequena de pontas afiadas, colocando estas mesmas pontas em cada dois pontos perfurados, e efetuados os pequenos cortes, resultaram pequenas formas vazadas igualmente, distribuídas regularmente numa belíssima composição a imitar uma pequena renda.

Utensílios para Pergamano

Mosaico

Imagem
Painel mosaico
Painel mosaico de xisto e seixos rolados

Pergamanos

Imagem
Pergamanos em quadros
Os pergamanos emoldurados em quadros ou tabuleiros
Os trabalhos com a técnica do papel pergamano resultam bem emoldurados em quadros ou mesmo em tabuleiros, protegidos com vidro, evidentemente. Um espaçamento suficiente deverá considerar-se entre a obra de pergamano e o vidro protetor.
Galerias Pergamano

Pergamano: para momentos especiais

Imagem
Pergamano "Janela Florida"
Anúncios e convites em pergamano

Utensílios para Pergamano

Imagem
Obras em Pergamano Alguns utensílios para trabalhar o papel pergamano Para efetuar trabalhos em papel pergamano, existem vários tipos de utensílios e materiais: ferramentas de boleamento ou de impressão em relevo, ferramentas de perfuração e respetivas almofadas e tapetes que servem de base a essa perfuração, as tesouras para cortar motivos e contornos, pinças para auxílio no processo de colagem de elementos de reduzida dimensão, lápis de coloração, tintas apropriadas para trabalhar o papel pergamano, canetas gel. Cada tipo de utensílios abarca grande número de ferramentas diferentes - no formato e no tamanho - e, no caso dos materiais, a começar pelo papel, uma gama de tipos de papel no que respeita à sua gramagem, existindo também pergamanos de cores pastel.
A picotagem no pergamano

Pergaminho e Pergamano

Imagem
Técnica do papel pergamano
Relação entre as palavras "pergaminho" e "pergamano"

Pergamano e "Slow Made"

Imagem
“Slow Made”: linha de orientação
O pergamano como exemplo de trabalho “Slow Made”

Slow Made

Imagem
Movimento "Slow Made"
Valorização do tempo

Boneca de pó de carvão

Imagem
Pó de carvão na azulejaria
A boneca de pó de carvão marca o desenho nos azulejos

Vira-ventos

Imagem
"Vira-vento"
Construção de vira-ventos

Pintura por Imersão

Imagem
Pintura em objetos, por imersão
Todos os objetos servem para efetuar pintura por imersão Garrafas, garrafões, outras peças de vidro, objetos de madeira, metal ou cerâmica de qualquer formato ficam lindíssimos com esta técnica simples e rápida. A peça escolhida deve estar com a superfície bem lisa. Se for necessário, passa-se uma lixa fina e limpa-se bem com um pano. Com uma trincha, aplica-se uma demão de tinta branca para cerâmica, por toda a superfície. Poderá ser necessário aplicar uma segunda demão para que o fundo que suportará a pintura fique mais uniforme. Coloca-se água num balde cuja altura deve ser suficiente para mergulhar a peça por inteiro. O balde não deve encher-se completamente para não verter a água quando se mergulhar a peça. Pequenas porções de tinta vitral, uma ou mais cores, devem colocar-se suavemente, uma de cada vez, na superfície da água do balde. Estas tintas irão permanecer a boiar. Nesta altura mergulhe-se a peça por inteiro, segurando-a pela extremidade s…

Falso Esmalte

Imagem
"Falso" Esmalte: cola e tridimensional transparente
Esmaltagem a frio

Filigrana de Papel

Imagem
Técnica de filigrana de papel
Cartolinas

Para a realização da técnica de filigrana de papel, é necessário cortar tiras de cartolina de várias cores e, no caso presente, todas com a mesma largura - 0,5 cm. Com a ajuda de um palito, enrola-se cada tira e solta-se ligeiramente, colando a extremidade final ao respetivo enrolamento. Com os dedos, dá-se a forma pretendida, por exemplo, apertando para dar ideia de pétalas de flor. Vamos fazendo grupos para formar flores de várias formas e arranjar a composição. Colam-se os diversos elementos, segundo o esquema pré-estabelecido, num suporte que pode ser de cartolina... e fica pronto o quadro.