Accéder au contenu principal

Nova tapeçaria (2)

Alterações ao projeto


Nova tapeçaria em construção (texto 2)

À medida que o trabalho se vai desenvolvendo e cresce a obra de uma tapeçaria tecida à mão, são inevitáveis algumas transformações e alterações ao projeto inicial que de um modo natural se vão efetuando. O mesmo dirão outros artesãos e artistas em relação às suas obras onde empregam outros materiais e artes. No caso concreto da tapeçaria tecida à mão, os materiais − as lãs ou fios de lã sintética − têm texturas e espessuras diferentes e por isso assumem nos comportamentos, tal como as pessoas, diferentes personalidades e as suas inserções na teia acondicionam-se de modos distintos, com mais ou menos resistência, maior ou menor dificuldade, permitindo, também de modos diversos, comprimir-se e ajustar-se e os resultados, independentemente das cores, apresentam-se surpreendentes nas expressividades que transmitem.
As alterações que referimos são numa boa parte das vezes suscitadas pela observação daqueles comportamentos e por ditames de comunicação, solicitando-se cortes de fio menos extensos, aqui ou ali, mudanças repentinas de coloridos, curvas e perfis moldados conforme os resultados da confrontação benéfica entre o artesão e as matérias que utiliza.
É necessário, assim, um certo distanciamento para uma melhor interação, evitando-se palavras e vícios desnecessários, ao mesmo tempo dando azo a momentos de reflexão enquanto a obra deixa contemplar-se, projetando-se o futuro ali tão próximo e confrontando a realidade do projeto que, apesar das mudanças, continua com o formato da origem, mas resignado.

Commentaires